• Sem Etiqueta

Conheça a origem e curiosidades da Kombi

A Kombi é um dos automóveis mais conhecidos do mundo, por isso, tem um espaço especial no coração de muita gente. Hoje em dia, é possível encontrar Kombis estampadas em vários lugares diferentes, o que mostra que seu legado sobrevive até hoje. Quer saber a origem e curiosidades da Kombi? Não deixe de ler o texto a seguir!


Você com certeza já viu uma Kombi por aí, não é? Isso porque este utilitário foi um veículo muito popular há alguns anos atrás, e mesmo não sendo mais produzido, continua tendo seu espaço.

O antigo carro de transporte é hoje um símbolo da contracultura, de aventura e um dos mais procurados por colecionadores.


Por isso, hoje trazemos a origem e curiosidades da Kombi, tudo para você conhecer um pouco mais sobre esta peça tão importante da história. Então, não deixe de ler até o fim!


Leia também: 5 curiosidades que você precisa saber sobre o Pico do Cabugi




Saiba qual é a origem da Kombi


As queridinhas Kombis começaram a ser produzidas nos anos 50, e enquanto estiveram no mercado, passaram por várias mudanças, tendo diferentes funções.


As Kombis surgiram a partir do Fusca, outro modelo que conhecemos bem, mas tinham outras funções e podiam acomodar mais pessoas e objetos. Não é à toa que seu nome vem do alemão Kombinationsfahrzeug, que quer dizer “veículo multiuso”.


Criado por Bem Pon, um holandês, o veículo começou a rodar em 1950, chegando pouco tempo depois no Brasil, em 1953. Aqui, elas foram muito utilizadas, e são até hoje. A Kombi é tão querida que deixou de ser produzida apenas em 2013.


Uma curiosidade interessante é que aqui no Brasil, ela foi carinhosamente apelidada de Corujinha, devido à sua aparência. Fofo, né?


Outra coisa, é que este foi o primeiro veículo da Volkswagen a ser produzido no em terras brasileiras, logo em 1957. A partir daí, passou por várias mudanças em seu modelo e potência, inclusive, ganhou até uma versão pick-up.


Nos anos 70, a Corujinha brasileira passou por mudanças que a diferenciaram do mundo todo. Aqui no país, ela ganhou melhorias como uma frente nova, para-brisa único, vidros que poderiam ser fechados à manivela nas portas, além de ficar muito mais segura e potente.


As portas corrediças, como vemos em vários modelos, só chegaram no final dos anos 90, em 1997. No ano seguinte, a Kombi Carat, um modelo de luxo, surgiu no mercado.


Os primeiros anos do século XXI foram marcados pelas edições limitadas do automóvel, geralmente comemorativas, que lançaram alguns dos modelos mais procurados por colecionadores de automóveis atualmente, principalmente amantes de Kombis. Em 2013, deixou de ser produzida, mas é claro que alguns modelos seguem rodando por aí.


Além disso, está programado o lançamento de uma nova versão da Kombi, a ID Buzz. Este veículo será elétrico e muito mais moderno, mas será que tão amado quanto os modelos antigos?


Kombi: um símbolo de várias gerações


Desde que começou a ser produzida, a querida Kombi passou a fazer parte da rotina de muitas pessoas. Desde trabalhadores até famílias maiores, muita gente optou por torna-la seu principal veículo.


Um dos grupos que utilizaram a Kombi e a imortalizaram como símbolo foram os hippies, principalmente nos anos 60. Este grupo utilizou muito o veículo porque podiam reunir várias pessoas e fazer viagens; em alguns casos, a Kombi podia até funcionar como casa.


Até hoje, são um símbolo de aventura, e por isso, objeto de desejo de muitas pessoas.


A Kombi na cultura atual


Por ser um símbolo forte da cultura, a Kombi está por aí estampada em vários objetos de decoração, camisetas, utensílios, entre outros, sendo utilizados principalmente por pessoas que se identificam com o estilo retrô.


Além disso, por ser fácil retirar os bancos do meio do veículo, vários empreendedores já iniciaram pequenos negócios em suas Kombis, desde cafeterias até lojinhas, afinal, é fácil trazer uma atmosfera retrô única ao veículo, o que torna a experiência ainda mais interessante.


Inclusive, a Sem Etiqueta teve seu início em uma Kombi carinhosamente chamada de Tatuada! O modelo 95 foi todo repaginado e ilustrado a mão, preparado para ser uma lojinha itinerante; hoje, a #KombiStore é utilizada para exposições, e segue sendo a marca registrada da loja.


Ademais, quem curte objetos antigos não deixa de procurar a Corujinha para andar por aí. Como o veículo já saiu de linha, é fácil encontrar Kombis prontas para serem reformadas.


No post de hoje você conferiu a origem e curiosidades da Kombi, um automóvel utilitário que se transformou em símbolo cultural.


Quer ver mais conteúdo como esse? Não deixe de acessar nosso blog!

20 visualizações

© 2020 por SEM ETIQUETA CAMIISETARIA BR. Produzido e criado com semetiqueta.com.br

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now